Facebook Twitter Youtube
TV BRASIL EXIBE NESTE SÁBADO, 29, “A DOCE VIDA”, DE FELLINI

Filme integra o Ciclo de Cinema Europeu, que exibirá

também a Trilogia das Cores, entre outros filmes

 

Neste sábado, às 22h30, a TV Brasil estreia o Ciclo de Cinema Europeu e leva ao ar o clássico “A Doce Vida”, grande obra-prima do mestre Frederico Fellini e também um dos maiores filmes da história do cinema.

O cenário do filme é a Roma do inicio dos anos 1960. A obra conta a história de Marcello Rubini (Marcello Mastroianni), um jornalista especializado em histórias sensacionalistas. Ele escreve sobre estrelas de cinema, visões religiosas e a aristocracia decadente. Ao cobrir a visita da atriz hollywoodiana Sylvia Rank, fica fascinado por ela.

Através dos olhos deste personagem, Fellini mostra uma Roma moderna, sofisticada, mas decadente, com os sinais da influência estadunidense. O repórter é um homem sem compromisso, que se relaciona com várias mulheres: a amante ciumenta, a mulher sofisticada em busca de aventura, e a atriz de Hollywood, com a qual passeia pela cidade, culminando no ponto alto do filme, a famosa sequência da Fontana di Trevi.

Outra sequência famosa do filme é a da abertura, na qual o jornalista, num helicóptero que transporta uma estátua de Jesus até o Vaticano, visualiza uma mulher tomando sol numa cobertura e pede a ela que dê o seu número de telefone. O barulho dos motores impede que ambos possam se entender. A temática da falta de comunicação se repete ao longo de toda a produção.

Um dos momentos mais importantes do longa é aquele no qual duas meninas atraem uma multidão, ao fingirem ver uma aparição da Virgem Maria nos subúrbios de Roma; e quando o personagem Steiner (Alain Cuny), um intelectual e colega de Marcello, que vive com a família numa aparente harmonia, comete o assassinato dos seus próprios filhos, um casal de crianças, e se suicida em seguida. Após a morte de Steiner, Marcello embarca numa vida de orgias. Neste mundo marcado pelas aparências e por um vazio existencial, o repórter frequenta festas, conhece os tipos mais extravagantes e descobre um novo sentido para a vida.

O drama “A Doce Vida” conquistou diversos prêmios internacionais. Ganhou o Oscar de melhor figurino e foi indicado nas categorias melhor diretor, melhor roteiro original e melhor direção de arte. O longa de Fellini conquistou a Palma de Ouro deCannes. Inédito. 174 min.

Não recomendado para menores de 14 anos

Ficha técnica

Título original: La dulce vita. País de origem: Itália e França. Ano: 1960. Gênero: drama. Direção: Frederico Fellini, com Marcello Mastroianni, Anita Ekberg, Anouk Aimée, Yvonne Furneaux, Magali Noël, Alain Cuny, Lex Barker, Annibale Ninchi, Walter Santesso.

Serviço

Ciclo de Cinema Europeu – A Doce Vida

TV Brasil, às 22h30

Comentários
NENHUM COMENTÁRIO
Fale com a Chris Fale com a Chris Fale com a Chris Fale com a Chris Home Sobre a Chris Fale com a Chris
Achados da Chris 2013 ©Todos os direitos reservardos - Desenvolvimento: Ellos design