Facebook Twitter Youtube
Festival Varilux de cinema FrancÍs 2014

ABERTURA DO FESTIVAL

 

QUARTA-FEIRA, dia 9, no Espaço Itaú de Cinema da Augusta, às 20h30

O Festival Varilux de Cinema Francês tem o prazer de convidá-lo para a cobertura da premiere do Festival Varilux de Cinema Francês na quarta, dia 9, no Espaço Itaú de Cinema da Augusta com a presença da delegação francesa. Entre os convidados, estão o diretor de "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain", Jean-Pierre Jeunet, que vem lançar "Uma Viagem Extraordinária"; o diretor Jalil Lespert, do aguardado filme "Yves Saint Laurent"; a consagrada atriz e diretora Nicole Garcia ("Um belo domingo"), o  cineasta Philippe Claudel (Antes do Inverno) e os diretores Jean-Marie Larrieu ("O Amor é um Crime Perfeito"), Marc Fitoussi ("Um Amor em Paris") e Laurent Tuel ("A Grande Volta"). Além da delegação, o diretor do festival, Christian Boudier, estará presente.

 

Dia: 09/04/14

Local: Espaço Itaú de Cinema da Augusta - Rua Augusta, 1.475

 

Sobre os convidados:

Jean-Pierre Jeunet - iniciou a carreira dirigindo filmes publicitários e videoclipes. Paralelamente, ele dirigiu com o desenhista Marc Caro curtas-metragens de animação, "L' Evasion" (1978) "Le Manège" (1980), "Le Bunker de la dernière Rafale" (1981), todos premiados em inúmeros festivais. Seu primeiro longa-metragem, "Delicatessen" (1991), os leva para o centro das atenções recebendo quatro prêmios César. O segundo longa-metragem, "A Cidade das Crianças Perdidas" (1995), é um conto noir, totalmente inovador para a época no plano dos efeitos especiais. Em 1997, Jean-Pierre Jeunet recebe a proposta de dirigir o quarto episódio das aventuras de Ellen Ripley, "Alien, a Ressurreição". Em 2000, ele volta à França para filmar "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain", que totaliza mais de oito milhões de entradas. Um triunfo que lhe permite montar, quatro anos depois, a adaptação do livro de Sébastien Japrisot : "Eterno Amor", também com Audrey Tautou. Em 2013, Jeunet se lança na adaptação de outro livro, de Reif Larsen, para dirigir "Uma Viagem Extraordinária".

 

Jalil Lespert - Foi graças a Laurent Cantet que Jalil Lespert ficou conhecido: em" Recursos humanos", primeiro longa-metragem do cineastas, que lhe valeu o César de Melhor esperança masculina. Em 2003, Resnais confia a ele um personagem de gigolô em sua opereta "Pas sur la Bouche", e Robert Guédiguian dirige o ator duas vezes. Após ter sido "O Pequeno Tenente", de Xavier Beauvois, ele dirige seu primeiro longa-metragem em 2007, "24 mesures", filme quebra-cabeça apresentado em Veneza. Ele encadeia dois grandes papéis em 2009, primeiro em "Lignes de front", onde interpreta o personagem principal, e depois na série para televisão "Pigalle, la nuit". Em 2011, ele filma com  cineasta chinês Lou Ye em "Amor e Dor", e retoma a direção com um segundo longa-metragem, o drama "Des vents contraíres".

 

Marc Fitoussi - iniciou sua carreira no fim dos anos 90. Seus primeiros curtas-metragens lhe deram a oportunidade de trabalhar com atores reconhecidos como Noémie Lvovsky ou Gilbert Melki. É o média-metragam "Bonbon au poivre" (2005) que faz com que ele seja notado na profissão: o filme é nomeado ao César. Após um documentário em 2006 (L' Education anglaise), o cineasta dirige seu primeiro longa-metragem: "La Vie d'artiste", que ganha o prêmio Michel d'Ornano em 2007, recompensando o roteiro de um jovem autor francês. Em seu segundo filme, "Copacabana" (2010), Marc Fitoussi reúne na tela Isabelle Huppert e sua filha, Lolita Chammah. O filme é selecionado ao Festival de Cannes para a Semana da Crítica. O diretor muda totalmente de estilo com seu terceiro longa-metragem, "Pauline Detetive" (2012), onde a atriz Sandrine Kiberlain atua em companhia de Audrey Lamy numa comédia bem animada.

 

Philippe Claudel - Primeiro escritor, Philippe Claudel é roteirista de dois filmes de Yves Angelo : "Sur le bout des doigts" e "Les âmes grises" - adaptado de seu próprio livro. Em 2008, ele passa à direção com "Há Tanto Tempo que te Amo", sobre o renascimento de uma jovem após 15 anos de prisão, interpretada por Kristin Scott Thomas. Ele ganha o César de Melhor primeiro filme em 2009 por esse longa-metragem, assim como o Prêmio do público e o Prêmio do Júri ecumênico na Berlinale. Dois anos depois, ele escreve e dirige "Tous les soleils", com Stefano Accorsi, que faz o papel de um pai viúvo e solteiro que cuida da sua filha adolescente.

 

Laurent Tuel - Autor aos 23 anos de um primeiro curta-metragem, "Céleste", Laurent Tuel formou equipe com outros jovens cineastas diferentes como Antoine Desrosières ou Graham Guit no seio da produtora La Vie est belle. Em 1996, ele assina seu primeiro longa-metragem, "Le Rocher d'Acapulco", que é apresentado no Festival de Cannes na seção Cinémas en France e muito comentado. Em seguida, ele filma, no contexto da coleção Bee Movies, "Un jeu d'enfants", filme de terror que segue os códigos do gênero, depois muda novamente de registro com sua terceira obra, "Jean-Philippe" (2005), com Fabrice Lucchini. Em 2009, ele dirige Jean Reno, Gaspard Ulliel e Vahina Giocante num novo longa-metragem, "Pacto de Sangue", e volta para trás da câmera em 2013 com "A Grande Volta".

 

Nicole Garcia - Como atriz, Nicole Garcia chama atenção em 1974 em "Que la fête commence", de Bertrand Tavernier, depois participa de filmes particularmente audaciosos ("La Question", "L'Honneur d'un capitaine", "Duelle", "Meu Tio da América"). Mas é graças a "Le Cavaleur", a comédia de De Broca, que ela recebe o César de Melhor atriz coadjuvante em 1978. O sucesso da saga de Lelouch, "Retratos da Vida", aumenta a popularidade da atriz que, nos anos 80, encarna com energia e sensibilidade as diferentes faces da mulher moderna. Nicole Garcia compartilha uma carreira de diretora e assina vários longas-metragens dirigindo personagens em crise, e oferecendo papéis de ouro a grandes atores: Nathalie Baye em "Um Fim de Semana Sim, Outro Não", Gérard Lanvin em "O Filho Preferido", que recebe um César de Melhor ator em 1995, Catherine Deneuve em "Place Vendôme" (no qual recebe o Prêmio de Interpretação em Veneza em 1998), Daniel Auteuil em "O Adversário",ou ainda Sandrine Kiberlain e Jean Dujardin em "Uma Varanda para o Mar", comédia dramática que tem como tela de fundo a Guerra da Argélia.

 

Jean Marie Larrieu - Jean-Marie Larrieu, junto com seu irmão Arnaud, se apaixonam muito cedo pelo cinema graças a um avô que faz filmes de montanha em 16mm. Nos anos 80, eles filmam vários curtas-metragens até o primeiro longa-metragem, "Fin d'été" (1999). Em 2000, eles dirigem Mathieu Amalric em "La Brèche de Roland", muito comentado na Quinzaine des Réalisateurs. Quatro anos depois, o ator está no cartaz de "Um Homem de Verdade", ao lado de Hélène Fillières. O filme suscita o entusiasmo da crítica.  Em seguida vão para os Alpes, filmar "Pintar ou Fazer Amor", apresentado em competição no Festival de Cannes em 2005. Três anos depois, eles voltam ao território predileto para "Viagem aos Pireneus", repleto de imprevistos e fantasias, em companhia de Sabine Azéma e Jean-Pierre Darroussin.


Sobre o Festival Varilux de Cinema Francês

De 9 a 16 de abril, o Festival Varilux de Cinema Francês exibe o melhor da cinematografia francesa recente, uma seleção de 16 filmes, com os mais variados gêneros e os mais destacados diretores e atores do momento. A edição 2014 chega a 45 cidades (70 cinemas) com estimativa de 100 mil espectadores.

Com produção da Bonfilm, o evento reúne também outras atividades paralelas, como a 3ª edição da Oficina Franco-Brasileira de Roteiros, Masterclasses com o diretor Jean-Pierre Jeunet na FAAP (São Paulo) e na UFRJ (Rio de Janeiro), uma mostra em sua homenagem no M.I.S. em São Paulo e no Instituto Moreira Salles no Rio, e um projeto educativo em mais de 15 cidades, que exibirá gratuitamente para as escolas  parte da programação do festival. E, pela primeira vez, o Festival Varilux contará com um grande clássico francês: "Os incompreendidos", de François Truffaut, projetado em versão digital restaurada, no âmbito da comemoração dos 30 anos da morte do diretor.

 

Comentários
NENHUM COMENTŃRIO
Fale com a Chris Fale com a Chris Fale com a Chris Fale com a Chris Home Sobre a Chris Fale com a Chris
Achados da Chris 2013 ©Todos os direitos reservardos - Desenvolvimento: Ellos design